Manifesto do Vampyro

(Manifesto of the Living Vampire)

Por Father Sebastiaan

 

O Vampyrismo é uma filosofia (no âmbito Diurno) e para alguns um caminho espiritual (âmbito Noturno) que abraça os elementos de poder da mitologia vampiríca. Por sua vez o Vampyro rejeita os aspectos negativos dos vampiros como serem amaldiçoados, deprimidos, monstros lendários, etc.

Vampyos muitas vezes se auto denominam como " Strigoi Vii " que traduzido do Romeno que significa "Vampiro Vivo." Eles muitas vezes utilizam a ortografia de “Vampyro” com um “Y” na ortografia do velho estilo vitoriano que antecede a ortografia moderna, (com um "i") para diferenciar entre a realidade e a fantasia (filmes, séries e lendas.)



• Filosofia •

Exemplos de palavras de poder ou "véus", para o Vampyro que descrevem a filosofia diurna incluem: Imortalidade, Transumanismo, Classe, Extropianismo, Apoteose, Libertino, Romance, Vida, Mistério, Gnose, Sensualidade, Música, Arte, Cultura, Espiritualidade, Cavalherismo, Draconianismo, Zhep'r , Domínio sobre o plano físico/Material, Glamour, individualismo, Dragão e Família.


O Vampirismo Vivo no termo filosófico é baseado na lógica e racionalidade.  Vampyros são pessoas realistas e tentam lidar com o mundo corpóreo como ela é na realidade. Além disso, o Vampyro abraça o Darwinismo social e a Espiritualidade Primal: Para algo poder ser verdadeiramente especial , nem tudo pode ser igual, logo Eles reconhecem a diferença entre a fantasia e a realidade. O Vampyro disciplinado sabe que ele é fisicamente um ser humano vivo e normal; ele sabe que não pode se transformar fisicamente em morcego, névoa ou lobo; Não bebe sangue por considerar que a imortalidade física é algo que só pode ser alcançado através de ciências futuras.

O símbolo do Vampyrismo (Living Vampirism) é o “Legacy Ankh”, um Ankh com lâmina, inspirado no antigo símbolo egípcio da imortalidade, divindade e vida. 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

• O Véu Negro (The Black Veil) •

Os 5 princípios do Vampyrismo são descritos como Véus Negros, que começou como um código de conduta no clube “Long Black Veil” por Father Sebastiaan em Nova York.

Os 5 princípios são:

• 1 - Lei : Vampyros não são criminosos e permanecem dentro dos limites das leis mortais (humanas).
• 2 - Adultos: Vampyrismo é reservado para adultos. Nenhum menor de idade deve ser formalmente iniciado na família .
• 3 - Sangue : Vampyros vêem o sangue como uma metáfora para algo muito mais sutil e não bebem sangue corporeo/físico.
• 4 - Busca: . Vampyros respeitam o livre arbítrio de todos os seres sencientes e nunca tentam converter alguém, apenas inspirar.
• 5 - Segredos : O que acontece dentro da Família permanece dentro da Família . Segredos nos unem e protegem o Vampyro.


Distinções de outros tipos de Vampiros

Sendo uma filosofia e um caminho espiritual, o Vampyro é distinto dos vampiros psíquicos que se alimentam de energias emocionais / psíquicas e vampiros sanguíneos que se alimentam de sangue humano. Os vampiros psíquicos têm uma " deficiência energética" e os Vampyros Não. Eles se alimentam de forma ética do excesso de força da vida humana com o propósito de imortalidade pessoal e evolução (Zhep'r). Vampyros percebem o sangue como uma forma ineficaz e arriscada de alimentação, com novatos muitas vezes experimentando e descobrindo esta realidade: Que o sangue não fornece uma fonte abundante de força vital para suas necessidades.

Espiritualidade Vampírica

No lado espiritual e esotérico (Noturno) do Vampy, é preciso dominar os elementos Diurnos antes de entrar neste mundo de sensibilidades além dos cinco sentidos, magia e força vital (Conhecido como: Chi, Prana , Akasha , Ki ). Dentro deste domínio estão “Os Mistérios” que, em sua essência, envolvem os mistérios da alimentação energética e da Comunhão, mas podem incluir também a Necromancia, Sonho Lúcido, Espiritualidade Primal, EFC (Experiências-fora-do-corpo), Reiki, Chakras, Tantra, etc.

Comunidade

Vampyros Geralmente são bem solitários e altamente independentes, com surtos de socialização. Estes solitários são conhecidos como " Ronin ", geralmente práticando o Vampyrismo como solitário ou em casal.

O Sanguinarium (Que não deve ser confundido com vampiros sanguíneos) é uma Rede Internacional privada de ¹Black Swans e Vampyros, é o mais conhecido e a maior comunidade de Vyros. Dentro do Sanguinarium há o Clã Sabretooth (Compondo-se de Vampiros Vivos e Black Swans) e a Ordo Strigoi Vii , uma ordem de Vampyros na qual é preciso ser convidado para participar. O Sanguinarium neste momento está aberto apenas para os clientes do Father Sebastiaan que fazem presas com ele, conhecidos como "Sabretooths" e atualmente é chamando de "
Vampire World".

Leitura adicional

O Sanguinarium oferece livros públicos e privados sobre Vampyrismo escritos pelo Father Sebastiaan numa série intitulada de "Vampyre", que incluem “Sanguinomicon” ( Weiser 2010) , “Vampyre Magick” ( Weiser 2012) , “Vampyre Virtudes" The Red Veils" ( Sanguinomicon Imprensa 2011) e “Vampyre Mistéries " The Purple Veils” ( Sanguinomicon Imprensa 2013) .

Para mais informações, visite www.sanguinarium.net

¹: Black Swans são amigos, familiares e outras pessoas que não se consideram Vampyros, mas que simpatizam com a filosofia.

Manifesto do Vampyro - Por Father Sebastiaan (Original: The Living Vampire Manifesto)

Original (Em inglês) em: http://sanguinarium.net/index.php?threads/the-living-vampire-manifesto-by-father-sebastiaan.398/

(Traduçã Khallid Leansidh)

 

Legacy Ankh Edição A
Legacy Ankh edição D